Topper


8 março, 2012

Momento de euforia e vitórias no Rugby Tupiniquim

 

Os últimos três dias foram inesquecíveis para o Rugby Brasileiro. Estamos com muita euforia para abordar dois grandes assuntos. É difícil escrever em poucas palavras o que este momento significa para nós.

Em primeiro lugar, queremos parabenizar todo mundo que participou da votação do novo símbolo da Seleção de Rugby. Foram quase 10 mil votos, com uma disputa muito acirrada.  OS TUPIS VENCERAM com 47,16% dos votos.

“A escolha popular ratificou as raízes do povo brasileiro. O Tupi representa a essência de nosso país, remetendo a garra, perseverança, lealdade e espírito de equipe”, comentou Sami Arap, presidente da Confederação Brasileira de Rugby (CBRu).

O novo símbolo da Seleção será apresentado oficialmente neste final de semana, no Rio Sevens. Mas ele só vai ser utilizado pela primeira vez no Sul-Americano de XV, em maio deste ano.

E por falar em Rio Sevens, isto nos lembra Olimpíadas de 2016. Enquanto o país se prepara para este evento, em pouco tempo já vimos diversas iniciativas sociais que contribuem pra evolução do Rugby no país. E uma delas recentemente foi destacada pela BBC de Londres, em uma matéria muito bacana (leia aqui).

A TV britânica conta a história dos irmãos Paixão, Max, Marcos, Maxwiliam e Maicon, moradores da comunidade de Cantagalo, em Copacabana, que praticam a modalidade no Rio Rugby. A matéria mostra também como o Rugby ajudou a afastar os 4 meninos da violência. Um deles, Marcos Paixão, já foi jogador da Seleção de Rugby Tupiniquim.

De acordo com a CBRu, o Rugby tem hoje no Brasil, mais de 100 mil seguidores e 115 clubes. Algumas das metas da CBRu são transformar o esporte na segunda modalidade do País e fazer do Brasil um “Tier 1″, uma das 10 melhores seleções do mundo segundo o IRB (entidade máxima do rugby mundial).

Quem disse que o Rugby não ia ser grande no Brasil?

Popularity: 3% [?]

Deixe seu comentário

Get Adobe Flash player

Videos, Slideshows and Podcasts by Cincopa Wordpress Plugin